Museu Histórico, em Campos, RJ, abre mostra com o tema 'fé' e homenageia Santo Amaro

Dia do padroeiro da Baixada Campista é comemorado nesta quarta-feira (15) com feriado na cidade.

Mostra no Museu de Campos homenageia Santo Amaro Divulgação/Prefeitura de Campos O Dia de Santo Amaro, Padroeiro da Baixada Campista, comemorado nesta quarta-feira (15), quando é feriado na cidade, tem homenagem no Museu Histórico de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, com a mostra “A Fé Não Costuma Falhar”.

Esta é a primeira exposição do ano no museu. A mostra conta a história de pedidos feitos ao santo e expõe objetos doados às divindades, por fiéis, como forma de agradecimento.

Durante o verão, a visitação acontece de terça a sexta-feira, das 10h às 17h.

A mostra não abre aos sábados e domingos. Segundo a historiadora e gerente do Museu Histórico de Campos, Graziela Escocard, a exposição conta com grande variação de ex-votos, que foram cedidos pela igreja de Santo Amaro, para ilustrar a tradicional crença popular da cidade. "Muitas pessoas acreditam que o ex-voto exista ainda só no Nordeste, porém também possuímos esta tradição, principalmente na Baixada Campista.

Na igreja de Santo Amaro existe a sala denominada de 'sala dos milagres', e lá estão expostos os ex-votos.

As pessoas depositam objetos por diversos motivos, como, a cura de doenças, dificuldades financeiras, acidentes, e por muitas outras motivações" explica Graziela. O Museu Histórico de Campos funciona no Solar Visconde de Araruama e está localizado na Praça do Santíssimo Salvador, nº 40, no Centro.

Categoria:RJ - Norte Fluminense